Pra lá não tem ninguém...

Pra lá não tem ninguém...

domingo, 18 de dezembro de 2016

Sapo Cururu

Nosso amigo sapo cururu, uma das 40 espécies do gênero Rhinella, comum em nossa região, incluindo lugares urbanizados.
Tem notável empenho de viver em lugares distantes d'água.
Possui a pele grossa, seca e rugosa, e também glândulas paratóides atrás dos olhos responsáveis por liberar veneno involuntariamente quando tem a sua paz perturbada.
O sapo cururu é um controlador natural de insetos, visto que eles estão no seu cardápio, portanto, é um animal importante para a defesa contra mosquitos, por exemplo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário